Pular para o conteúdo

Dicas para Superação Emocional II

Superação, Publicado por Silvanews em 23/01/2018
Silvanews Treinamentos > Superação > Dicas para Superação Emocional II

"Se você quer um pedacinho do Paraíso, acredite em Deus.
Mas se você quer conquistar o mundo, acredite em você
porque Deus já te deu tudo o que você precisa
para você vencer". [Augusto Branco]

Nenhuma solução ou alívio é possível se você não conhece suas emoções e admite esses momentos de dor. A dor física nos permite a ciência médica, nos aliviar dela, mas a dor psicológica depende muito mais ou totalmente de nós mesmos.

Somos carentes de uma palavra amiga ou simplesmente profissional que nos impulsione a tomar a iniciativa de aceitar e revelar, seja com atitude ou verbalização, estes nossos momentos angustiantes de sofrimento interior, que vem nos impedindo realizar nossos objetivos e até mesmo ampliando os motivos das emoções negativas, por isso, acredite, pois tudo é uma questão de exercício e prática.

Veja as dicas:

1. Fale sempre colocando o verbo no passado quando falar de suas situações negativas: eu era, eu tinha, eu não consigo ainda. O pressuposto é que você conseguirá solução.

2. Quando fizer referência a algum momento do futuro, coloque o verbo no presente: estou realizando, estou conseguindo.

3. Afaste a conjunção se e substitua por quando: Quando eu conseguir a solução. Isso pressupõe que você está decidido.

4. Use o SEI e afaste o ESPERO - Eu sei que alcançarei o objetivo, pressupõe emoções de certeza, enquanto o espero pressupõe dúvida.

5. Sempre que puder evite o verbo no condicional. Use o presente, fica mais forte e mais coerente: Eu agradeço muito a atenção e presença dos senhores... Ao invés de Eu gostaria de agradecer...

nano
Publicado por: Silvanews
Em: 23/01/2018

Comente o que achou sobre este artigo.

Você também pode gostar destes artigos

23/01/2018

O comportamento neurótico nem sempre é patológico. Analise como você tem conduzido sua vida e procure descobrir determinados comportamentos que tem atrapalhado o seu desempenho profissional, social, familiar e promova feed backs com amigos e familiares com humildade, para identificar as mudanças necessárias.

23/01/2018

A maior necessidade de nós humanos é ser aceitos como somos, entendendo isso como um reconhecimento provindo de nossos contatos. Nossos interlocutores mais comuns são nossos familiares de onde provem, por ironia da vida, nossas mais dolorosas decepções

23/01/2018

Se você falar com um homem numa linguagem que ele compreende, isso entra na cabeça dele. Se você falar com ele em sua própria linguagem, você atinge seu coração.