Pular para o conteúdo

Dicas para Superação Emocional

Superação, Publicado por Silvanews em 25/10/2017
Silvanews Treinamentos > Superação > Dicas para Superação Emocional

Viver é como andar de bicicleta: É preciso estar em constante movimento para manter o equilíbrio. (Albert Einstein)

 

Quando TALES DE MILETO, abordado por um sofista, respondeu sobre o que é mais fácil, dizendo que é: “DAR CONSELHO”. Fico meditando sobre a quantidade de ideias e palavras de conforto que me são direcionadas pelos amigos e parentes diante de minhas tensões emocionais. Fácil verbalizar algumas palavras que mesmo tomadas por todo um sentimento honesto, não se vê facilidade na prática, sendo necessário nosso esforço. Agradeço muito todas as atenções que direcionaram a mim e desejo muito que possamos permutar experiências e alavancar nossa força necessária na jornada da vida.

Em nossos serviços, especialmente no LIFE COACH LEADER TRAINING, tenho enfatizado percepções reais que são de muita importância para todos nós, a prática, ou no mínimo uma atenção especial de mudança de expressões, para melhoria de nossa trilha imaginária.

Confira estas dicas:

1. Esteja atento ao “NÃO” - Em todas as situações somos contemplados com duas opções, porque esta é a resposta divina. Há o positivo e o negativo, o certo e o errado, o bem e o mal... Temos consciência do que queremos e do que não queremos, então por que manter ativado em nossa memória o que não queremos? A palavra “NÃO” existe apenas na verbalização e não na experiência e traz quando usada, a lembrança do que não queremos. Ex. NÃO pense na cor AZUL. O que eu não quero lembrar a palavra “NÃO” traz à tona imediatamente, preciso então enfatizar de forma diferente - lembre-se da cor amarela, se é essa a cor que quero manter em evidência.

2. Esteja atento ao “MAS” – Esta conjunção é considerada um apagador universal. Tudo que você fez de referência sobre alguma coisa ou uma personalidade se torna nulo após esta palavra. Você é muito inteligente, é proativo, reúne um grande conhecimento, MAS... o que conta e o que fica registrado emocionalmente é o depois dela e certamente ditará formas comportamentais.

3. Cuidado com a palavra “TENTAR” – Este verbo se transforma na maioria das vezes em desculpa de perdedor, porque pressupõe possibilidade de não alcançar o objetivo desejado e se transforma numa justificativa. EU TENTEI... Você quer? Faça. Transforme os momentos de falha em aprendizado e busque novamente a realização, tantas vezes quantas forem necessárias.

4. Substitua estas: DEVO, TENHO QUE, PRECISO. Todas pressupõem controle externo direcionando sua vida. Use expressões decisivas – QUERO, DECIDO, VOU.

5. Observe o NÃO POSSO, NÃO CONSIGO, que trazem ideia de incapacidade e coloque expressões que mostre o seu domínio como: Não quero, decido não, ou use o verbo no tempo passado – não podia, não conseguia, que pressupõe que poderá ou conseguirá.

O vínculo forte que fica definitivamente registrado em nossa memória é o que nos faz sentir as emoções do que foi colocado em nossa imaginação, portanto ao substituir palavras limitantes em nosso comportamento, substitua-as de corpo e alma.

A trilha mental, construída com emoção, é o caminho mais curto e melhor pavimentado para chegar ao destino desejado. Permita suas emoções, afinal você é um santuário humano.

nano
Publicado por: Silvanews
Em: 25/10/2017

Comente o que achou sobre este artigo.

Você também pode gostar destes artigos

23/01/2018

O comportamento neurótico nem sempre é patológico. Analise como você tem conduzido sua vida e procure descobrir determinados comportamentos que tem atrapalhado o seu desempenho profissional, social, familiar e promova feed backs com amigos e familiares com humildade, para identificar as mudanças necessárias.

23/01/2018

A maior necessidade de nós humanos é ser aceitos como somos, entendendo isso como um reconhecimento provindo de nossos contatos. Nossos interlocutores mais comuns são nossos familiares de onde provem, por ironia da vida, nossas mais dolorosas decepções

23/01/2018

Se você falar com um homem numa linguagem que ele compreende, isso entra na cabeça dele. Se você falar com ele em sua própria linguagem, você atinge seu coração.

Iniciar conversa
Precisa de ajuda? Fale conosco
Solicite um atendimento personalizado
Powered by